quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

mãos ao alto!

Eu fico triste? Alegre?

Acordo hoje com a campainha e o porteiro informando que uma encomenda minha estava nos Correios. Alegria! Chegaram os detalhes fofos de decoração que encomendei para o casamento! Que bom!
Visto-me rápido e fico igual uma criança na fila do brinquedo do parque esperando a hora de abrir a estação indicada. Ela funciona a partir das 09h; eu cheguei 08h45.
Abre. Bom dia, porteiro! Bom dia, funcionária! Meu nome é noiva feliz e vim buscar a encomenda relativa a este papel aqui!

- 580 reais. Em espécie.
- O quê?
- O imposto. Da receita. 580 reais.
- Deve haver algum engano, moça. O valor total da encomenda não chegava a mil.
- Só um momento - entra, sai, volta - Aqui. Sua compra foi de 470 dólares.
- Isso. Não dá mil reais.
- Aí a receita acompanhou e aplicou o imposto de 60%.
- Cuma?
- O imposto de compra no exterior. 60%.

Sério. Eu sou moça phyna. Só falo palavrão quando bêbada. Mas puta-que-paril-xoxota-arrombada-vai-se-fuder-e-dar-o-cu-tranquilo. Pau no cu da Receita. Pronto, falei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário